Publicidade

Conheça todos os detalhes sobre a modalidade, além de aprender como solicitar o crédito e as melhores opções disponíveis no mercado 

Quem nunca precisou de uma quantia de dinheiro de forma inesperada? Acredite, isso é mais comum do que você imagina. Seja para realizar uma compra, resolver um problema como o carro quebrado ou até mesmo realizar seu sonho, fazer uma viagem ou começar a empreender: o que não faltam são fatores que podem provocar essa situação.

Entretanto, apesar da falta de dinheiro, o que não faltam são opções para te ajudar. Uma delas é o empréstimo consignado. Se você está em busca de uma opção de crédito fácil de conseguir, talvez essa seja a melhor opção, apesar de que, ela não está disponível para todo mundo.

Publicidade

Se você ficou interessado, leia o artigo até o final e descubra quais são os critérios, como fazer o seu e as melhores opções no mercado.

O que é empréstimo consignado?

Antes de tudo, vamos entender do que se trata o consignado?

Ele nada mais é do que um crédito em ao invés de você pagar um boleto para quitar as parcelas, ele é descontado diretamente da folha de pagamento. Ou seja, você recebe seu salário já com este abatimento.

Isso acontece graças ao processo de consignação, que garante esse pagamento, antes mesmo do próprio trabalhador conseguir o salário.

Como é uma modalidade que traz segurança aos bancos e outras instituições bancárias, já que o pagamento é garantido, eles conseguem oferecer boas oportunidades, com taxas de juros menores.

E apesar de parecer mais fácil de ser solicitado (e de fato ele é), não significa que está disponível para todo mundo.

Quem pode solicitar o empréstimo consignado?

Para realizar o abatimento diretamente na folha de pagamento, é necessário alguns critérios. O principal deles é que o beneficiário deve ser:

  • Aposentados;
  • Pensionista do INSS;
  • Servidor público de órgãos municipais, estaduais ou federais (seja aposentados ou na ativa);
  • Militares das Forças Armadas;
  • Beneficiários de alguns programas sociais governamentais como o Programa Auxílio Brasil e o  Benefício de Prestação Continuada.

Há casos de bancos que oferecem empréstimo consignado para trabalhadores de empresas privadas. Entretanto, isso só é possível porque a companhia conta com uma parceria com o banco ou agente financeiro, possibilitando o empréstimo.

Portanto, é importante garantir com a empresa que você trabalha se existe este acordo com alguma instituição bancária, caso queira fazer um consignado.

Pontos positivos e negativos do empréstimo consignado

Uma das grandes vantagens do consignado é a certeza de que o valor será pago, o que resulta em taxas menores, como falamos antes. Mas não é só isso que faz esse formato valer a pena, olha só:

  • Facilidade para contratar o empréstimo;
  • Maiores prazos para realizar o pagamento;
  • Pagamento organizado;
  • Você pode usar o dinheiro como quiser.

Como nem tudo são flores, existem alguns pontos negativos. O fato de ter uma limitação de pessoas que podem fazer o empréstimo já é um deles.

Além disso, na maioria das opções de consignados, limitam a porcentagem do crédito baseado no quanto você recebe. Geralmente, essa taxa fica em torno de 30 a 35%, com base na Lei nº 14.341/2022.

Assim, por exemplo, se você recebe o salário bruto de R$ 3,2 mil, sua parcela será de R$ 1.120 mil, esse valor deve levar em consideração o Custo Efetivo Total (CET), que considera juros e outros encargos. Para chegar a esse valor de 35%, o cálculo feito é: multiplicar sua renda bruta por 35 e dividindo por 100.

Outro ponto que pode ser negativo é a possibilidade de perder seu trabalho antes de quitar a dívida.

E como consigo fazer um consignado?

Como o crédito consignado é oferecido por diferentes bancos, cada um possui seu próprio processo para a contratação do empréstimo. Entretanto, costumam apresentar características semelhantes.

O primeiro passo é se certificar de que você está dentro dos critérios citados acima. Depois, é hora de pesquisar qual banco oferece as melhores condições para realizar seu empréstimo.

Atualmente, o processo para fazer o empréstimo costuma ser tranquilo, tudo é feito através do seu aplicativo do banco. Sendo assim, você faz todo o processo no conforto do seu lar. Funciona assim:

  • Acesse sua conta através do app do banco. Caso não esteja logado, acesse com seu login e senha;
  • Procure a área de empréstimos;
  • Escolha a opção de crédito consignado;
  • Leia todas as informações dadas pelo banco;
  • Faça a simulação de crédito, colocando o valor que precisa, quanto deseja pagar e em quantas vezes;
  • Também preencha as informações pessoais solicitadas, como documentos de identificação;
  • Envie para o banco e aguarde a proposta;
  • Se estiver de acordo com o que deseja, feche o negócio;
  • Aguarde o dinheiro cair na conta.

Vale lembrar que alguns bancos oferecem o empréstimo, mesmo se você não tiver conta corrente.

Mas, claro, há algumas empresas que oferecem o crédito de forma presencial. Portanto, pesquise a forma que o seu banco de preferência oferece o empréstimo.

Melhores opções de crédito consignado

O que não faltam no mercado atualmente são opções de crédito consignado. Conforme já dito anteriormente, este formato traz muita segurança para a instituição financeira e também para o cliente.

Isso faz com que os bancos querem oferecer mais essa opção. Por isso, o mercado conta com uma série de empresas que oferecem a modalidade, veja as principais delas:

Quando você decidir que deseja fazer um empréstimo consignado, veja as melhores opções disponíveis e avalie minuciosamente cada uma delas antes de tomar sua decisão.

Não se esqueça de tirar suas dúvidas antes mesmo de realizar o empréstimo.

Acesse nosso site e confira também outras opções de modalidade de empréstimo para lhe ajudar na hora da melhor escolha.

O que são linhas de crédito?

Para você entender melhor o que é o empréstimo consignado, é fundamental saber quais são as linhas de crédito.

Atualmente, o Brasil conta com várias linhas de crédito. As mais conhecidas são o cheque especial, cartão de crédito e crédito pessoal. A principal característica destas linhas de crédito é que quanto maior o risco de inadimplência, maiores são as taxas de juros. Exemplos disso são o cartão de crédito ou o crédito pessoal.

E para evitar situações de inadimplência, os bancos preferem contar com uma certa garantia na hora de liberar esse tipo de crédito para os clientes.

Mas, além destas, temos outras linhas de crédito bastante conhecidas, que são os CDC, que são os créditos geralmente utilizados para a compra de carro e crédito imobiliário, muitos também conhecidos como financiamentos.

Essas linhas de crédito têm taxas muito menores, pois a garantia do banco é o próprio bem. Então, se o cliente for utilizar alguma dessas linhas de crédito para comprar um carro ou uma casa, ele combina com o banco que, caso não seja realizado o pagamento, o banco pega de volta a casa ou pega de volta o carro.

Neste caso, a possibilidade do banco ter prejuízo é muito menor, por isso, as taxas de juros são menores.

Assim, como o crédito consignado consegue oferecer mais segurança para o banco, ele acaba sendo uma das modalidades mais populares atualmente.

Então, vale a pena fazer um consignado?

Antes de fazer um consignado ou qualquer outro empréstimo, você deve considerar alguns fatores. O principal deles é se você irá conseguir arcar com as parcelas do crédito. Lembre-se de que quando você fecha um negócio de empréstimo, apesar de ter dinheiro na conta, estará também adquirindo uma dívida.

Portanto, para não ter problemas maiores, faça um planejamento e tenha a certeza de que irá conseguir quitar o valor todos os meses do seu compromisso.

Com essa organização em dia, busque a melhor opção de crédito e aproveite da melhor forma.

Gostou do conteúdo? Não deixe de acompanhar nossas publicações e ler os outros artigos, para cuidar melhor do seu dinheiro. Acesse nosso blog e confira conteúdos de finanças pessoais e dicas.