Publicidade

O empréstimo consignado é uma modalidade de crédito especialmente direcionada a indivíduos com renda fixa e estável, oferecendo uma forma acessível de obter recursos financeiros. É uma opção disponível para diversos grupos, como aposentados, pensionistas, servidores públicos, militares, trabalhadores de empresas privadas, e beneficiários do auxílio brasil. 

É uma das melhores opções de empréstimos existentes no mercado, devido  a sua baixa taxa de juros, caso você esteja enquadrado nos pré-requisitos mencionados, e precisa de um empréstimo, essa pode ser a opção ideal para você!

Como funciona o empréstimo consignado?

O diferencial dessa modalidade está na forma de pagamento, em que as parcelas são descontadas diretamente do salário, benefício ou contracheque do solicitante. Essa garantia de pagamento reduz significativamente o risco de inadimplência, o que permite aos credores oferecer taxas de juros mais baixas e condições de pagamento mais atrativas. No entanto, é fundamental que o indivíduo faça um planejamento financeiro adequado para gerir essa dedução de renda e garantir o cumprimento das obrigações financeiras.

Publicidade

O empréstimo consignado é uma modalidade de crédito que oferece vantagens exclusivas. Ao contratar esse tipo de empréstimo, o pagamento das parcelas é descontado diretamente do salário ou benefício do solicitante, garantindo maior segurança para as instituições financeiras e reduzindo o risco de inadimplência. Além disso, o empréstimo consignado possui juros mais baixos em comparação a outras modalidades, devido ao menor risco envolvido. O processo de contratação é ágil e simples, exigindo apenas a apresentação de alguns documentos básicos, como RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda. Não são necessárias garantias adicionais, como imóveis ou outros bens, e a análise de crédito considera principalmente a margem consignável disponível. Dessa forma, o crédito consignado se destaca como uma opção acessível e conveniente para aqueles que desejam obter um empréstimo de forma rápida e segura.

negociação

Juros de empréstimo consignado:  Como as taxas são definidas?

As taxas de juros no empréstimo consignado são determinadas de acordo com regulamentações específicas. Essa modalidade de crédito possui um teto máximo estabelecido legalmente, o que garante taxas mais baixas em comparação a outras formas de empréstimo pessoal. No Brasil, tanto os beneficiários do INSS quanto os servidores públicos têm limites pré-definidos para as taxas de juros do consignado. Para os beneficiários do INSS, o teto atual é de 1,70% ao mês para empréstimos e 2,62% ao mês para cartões de crédito consignado. Já para os servidores públicos, o limite é de 2,05% ao mês para empréstimos. Esses tetos são estabelecidos com base em negociações entre os Ministérios responsáveis e o Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS).

A definição das taxas de juros do consignado leva em consideração diversos fatores, como a necessidade de garantir um equilíbrio entre as condições atrativas para os tomadores de empréstimo e a sustentabilidade para as instituições financeiras. O objetivo é oferecer juros acessíveis aos beneficiários, levando em conta os riscos e as peculiaridades do empréstimo consignado. É importante ressaltar que esses tetos podem passar por revisões e atualizações ao longo do tempo, sendo necessário estar atento às mudanças e às publicações oficiais para obter informações atualizadas sobre as taxas praticadas. Para obter detalhes específicos sobre as taxas em vigor, é recomendado consultar os órgãos competentes e as instituições financeiras autorizadas a oferecer o empréstimo consignado.

Ao considerar a contratação de um empréstimo consignado, é essencial analisar as taxas de juros praticadas pelos bancos e instituições financeiras autorizadas. Além dos tetos estabelecidos, cada instituição pode definir suas próprias taxas dentro dos limites permitidos. Portanto, é recomendado comparar as opções disponíveis no mercado, levando em conta não apenas as taxas de juros, mas também outros aspectos, como prazos de pagamento, valor das parcelas e condições gerais do contrato. Dessa forma, é possível tomar uma decisão consciente e escolher a opção que melhor se adequa às necessidades e ao perfil financeiro do solicitante.

Tipos de empréstimos consignados: 

Crédito consignado privado:

clt

 

Crédito com desconto em folha para empresas privadas, conhecido como consignado privado, é uma opção disponível para funcionários que trabalham em empresas privadas sob o regime CLT. Através de um convênio estabelecido entre a empresa e uma instituição financeira, é possível contratar o empréstimo e desfrutar de taxas de juros mais baixas. No entanto, é necessário ter um contrato formal de trabalho entre a empresa e o funcionário para que este último possa solicitar o empréstimo com dedução direta do salário.

É fundamental ressaltar que a empresa não tem o poder de negar a contratação do empréstimo com desconto em folha. Uma vez que esse direito é assegurado por lei, a organização é obrigada a fornecer à instituição financeira todas as informações necessárias para a realização do empréstimo quando solicitado pelo colaborador. Essa medida visa garantir que o trabalhador tenha acesso a essa modalidade de crédito e possa usufruir dos benefícios oferecidos, como taxas de juros mais favoráveis e facilidade de pagamento.

Crédito consignado Auxílio Brasil / Bolsa Família:

Em 2023 o governo vigente alterou o Auxílio Brasil para o antigo Bolsa Família, com novo valor de R$600,00 alterando também as regras de juros referente ao crédito consignado disponibilizado em relação às parcelas do programa. As novas regras referentes a data de publicação deste artigo são as seguintes: Taxa de juros de 5%, limite de 6 parcelas mensais, e máximo de R$2.569,00 a serem concedidos. Sendo necessário consultar as instituições financeiras que estão oferecendo este empréstimo. Lembrando que as as condições e valores estão sujeitos a alterações. Consulte sempre o site do governo federal para se manter atualizado. 

Crédito consignado para aposentado e pensionista:

aposentados

O empréstimo consignado para aposentados e pensionistas é uma modalidade de crédito especialmente destinada a pessoas que recebem benefícios do INSS. É uma opção atrativa devido às suas características vantajosas, como taxas de juros reduzidas, prazos de pagamento estendidos e ausência de consulta aos órgãos de proteção ao crédito. Essa forma de empréstimo é contratada diretamente com instituições financeiras, sem exigir análise de CPF, o que a torna acessível até mesmo para aqueles com restrições financeiras. Além disso, é regida por uma legislação específica que estabelece limites para a contratação, como o número máximo de empréstimos simultâneos e a margem consignável disponível. Os pagamentos são descontados diretamente do benefício do aposentado, garantindo maior segurança para ambas as partes envolvidas.

Crédito consignado para servidor público:

servidor

 O crédito consignado para servidores públicos é uma opção de empréstimo que oferece taxas de juros mais baixas devido à garantia de pagamento por meio do desconto direto na folha de pagamento. É uma modalidade disponível não apenas para servidores públicos federais, mas também para estaduais e municipais. A margem consignável, que representa a porcentagem do salário que pode ser comprometida com as parcelas do empréstimo, é estabelecida por lei e varia de acordo com o tipo de servidor. Além disso, a contratação do crédito consignado para servidores públicos geralmente é rápida e descomplicada, podendo ser realizada tanto presencialmente quanto online. É uma opção vantajosa para aqueles que buscam recursos financeiros com taxas de juros reduzidas e facilidades no pagamento.

Crédito consignado para militar: 

militar

O Empréstimo Consignado Militar é uma opção de crédito exclusiva para os indivíduos que fazem parte das Forças Armadas. Essa modalidade de empréstimo oferece acesso imediato a dinheiro com taxas de juros extremamente baixas, sendo considerada uma das melhores opções disponíveis. Os prazos de pagamento variam de 12 a 60 meses, permitindo maior flexibilidade ao mutuário. Além disso, uma vantagem significativa é que não é realizada consulta aos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa. Outro benefício é a possibilidade de quitar o empréstimo antecipadamente, sendo concedido desconto nesse caso. É uma forma segura e conveniente de obter recursos financeiros para os militares.

Perguntas frequentes:

O que acontece com empréstimo consignado em caso de demissão?

Quando um colaborador é demitido de seu emprego e possui um empréstimo consignado em andamento, é importante compreender o que ocorre com essa dívida. Segundo a legislação vigente, as parcelas do empréstimo podem ser descontadas das verbas rescisórias, como saldo de salário, aviso-prévio e férias vencidas. Essa prática está respaldada pelo artigo 1°, parágrafo 1°, da Lei 10.820/2003, que permite o abatimento desses valores para diminuir a dívida do empréstimo consignado.

Essa medida se aplica tanto aos casos em que o colaborador solicita demissão quanto àqueles em que é desligado pela empresa. O objetivo é viabilizar um ajuste financeiro durante o processo de rescisão, garantindo que as obrigações assumidas pelo colaborador sejam honradas mesmo diante da mudança de emprego.

Os descontos realizados não podem ultrapassar 35% das verbas rescisórias recebidas. Essas verbas incluem o saldo de salário referente ao período trabalhado, o aviso-prévio indenizado e as férias vencidas não gozadas. A quantia descontada é destinada ao pagamento do empréstimo consignado, contribuindo para reduzir a dívida pendente. Caso a dívida não seja totalmente quitada após o abatimento desta porcentagem rescisória caberá ao devedor prosseguir com o pagamento das parcelas até que o débito acabe.

Vale lembrar que essa prática de desconto nas verbas rescisórias está condicionada ao que foi estabelecido no contrato assinado entre o colaborador, a empresa empregadora e a instituição financeira. Portanto, é fundamental verificar as cláusulas contratuais para compreender os termos e condições aplicáveis ao empréstimo consignado em caso de demissão, e, negociar com a instituição condições de pagamento que se adequem a sua realidade. 

Qual a taxa de juros do crédito consignado?

A taxa de juros para empréstimos consignados vai variar de acordo com cada tipo de beneficiário, assim como sua localidade, portanto vale a pena consultar especificamente para o seu caso. De maneira geral, as taxas variam entre 1% e 3%. 

emprestimos

Qual o melhor banco para fazer empréstimo consignado? 

Muitas instituições bancárias oferecem este tipo de empréstimo, e suas taxas variam constantemente, sendo necessária uma busca completa para encontrar as melhores opções disponíveis para a sua necessidade, deixaremos aqui alguns bancos que são referência nessa modalidade de empréstimo.

Bradesco

Banco do Brasil

Cetelem

Daycoval

Banco BMG

Banco Pan

Como calcular empréstimo consignado?

Ao realizar o cálculo da margem consignável, é necessário identificar o montante equivalente a 40% do seu rendimento mensal. Por exemplo, se a sua remuneração é de R$10.000 por mês, a margem consignável disponível será de R$4.000. É importante ressaltar que essa fórmula se aplica a indivíduos que ainda não possuem empréstimos em andamento.

A margem consignável representa o valor máximo que pode ser comprometido mensalmente com o pagamento de parcelas de empréstimos consignados. Essa medida é estabelecida com base em normas e regulamentações específicas, visando proteger a capacidade financeira do indivíduo. Além dos empréstimos consignados, a margem consignável também pode abranger outras modalidades de desconto em folha, como cartões de crédito consignados e financiamentos específicos. 

É importante mencionar que a margem consignável é um fator crucial na análise de crédito para a concessão de empréstimos consignados. Caso a margem já esteja comprometida com outras obrigações financeiras, pode haver restrições na obtenção de novos empréstimos ou a possibilidade de contrair um valor menor do que o desejado.

Quem tem o nome sujo pode fazer empréstimo consignado?

A resposta é depende, isso vai variar de acordo com o tipo de beneficiário, pessoas que tem renda garantida como aposentados, militares, e servidores públicos podem conseguir crédito consignado mais facilmente, mesmo estando negativado, pois podem garantir o cumprimento de seus pagamentos em relação a sua renda, porém,  no caso de funcionários CLT esse processo pode ser mais complicado, pois não possuem uma garantia de renda tão segura quanto as outras categorias mencionadas. Ainda é possível para o trabalhador CLT conseguir o crédito mesmo com nome negativado, mas o processo será mais complexo pois exigirá uma pesquisa mais aprofundada, e provavelmente incluirá taxas de juros mais altas.

Como fazer refinanciamento de crédito consignado?

Para refinanciar um empréstimo consignado é necessário entrar em contato com o banco responsável pela dívida, e tentar a renegociação, também é possível buscar um atendimento on-line para mais praticidade e rapidez. Outra opção é buscar o refinanciamento com outras instituições creditícias e consultar suas taxas e prazos.

Quanto tempo demora para cair um empréstimo consignado?

O tempo necessário para a aprovação e liberação do empréstimo consignado varia de acordo com a instituição financeira selecionada. Em média, o processo leva de 2 a 5 dias úteis para ser concluído. No entanto, é importante ressaltar que algumas instituições oferecem a opção de transferência imediata do crédito.

Ao solicitar um empréstimo consignado, é necessário passar por uma análise de crédito e fornecer os documentos exigidos pela instituição. Após a aprovação, o valor do empréstimo é depositado em sua conta bancária.

A velocidade de liberação do dinheiro pode ser influenciada por diversos fatores, como a eficiência da instituição financeira em processar as solicitações, a quantidade de pedidos pendentes e a verificação dos documentos apresentados. Além disso, a agilidade na disponibilização dos recursos pode depender do seu relacionamento com o banco e do cumprimento de todas as etapas do processo.

O que é matrícula empréstimo consignado?

A matrícula no empréstimo consignado é uma informação essencial para a pesquisa da margem consignável de aposentados e pensionistas do INSS. Ela representa o número de identificação que estabelece o vínculo do beneficiário com o órgão responsável pelo pagamento dos benefícios. A existência da matrícula determina se o segurado possui as condições necessárias para solicitar um empréstimo consignado, sendo um fator crucial na avaliação da elegibilidade.

Ao realizar uma pesquisa de margem consignável, é importante ter em mãos o número da matrícula para obter informações precisas sobre a disponibilidade de crédito. A matrícula serve como referência para identificar o segurado, considerar sua renda, histórico de empréstimos e políticas internas do órgão. É por meio desse dado que é possível verificar se o indivíduo possui a possibilidade de contratar um empréstimo consignado e quais são as condições disponíveis para ele. Portanto, a matrícula desempenha um papel fundamental na análise e na concessão desse tipo de empréstimo aos beneficiários do INSS.

O que é portabilidade de empréstimo consignado?

A portabilidade de empréstimo consignado é a aquisição da dívida de crédito por meio de outra instituição financeira, qualquer usuário pode fazer a sua requisição, essa modalidade permite que o devedor possa renegociar suas taxas e prazos por meio da nova instituição, muitas delas inclusive oferecem bonificações e vantagens para quem opta por essa opção, sendo muito válido para quem precisa de condições mais acessíveis de pagamento.

Qual a idade máxima para fazer empréstimo consignado?

A maioria das instituições financeiras estipula a idade máxima de 80 anos para a liberação de crédito consignado. Sendo necessário consultar cada uma delas para saber ao certo a idade limite para cada caso. 

casal

O que acontece se eu não pagar um empréstimo consignado?

Caso ocorra a falta de pagamento de um empréstimo consignado, diversas consequências podem ser desencadeadas. Entre elas, destacam-se a incidência de encargos adicionais, como juros mais altos, a inclusão do devedor em registros de inadimplentes, tais como SPC e Serasa, e a possibilidade de uma ação judicial para a recuperação do valor devido, podendo resultar na apreensão de bens do indivíduo. É importante estar ciente dessas possíveis ramificações e procurar meios de negociação com a instituição financeira para evitar tais consequências e buscar soluções para regularizar a situação financeira.

O que é preciso para um aposentado fazer empréstimo?

Para que um indivíduo aposentado possa obter um empréstimo, ele precisa estabelecer contato com uma instituição financeira ou banco e formalizar o pedido, o qual, em alguns casos, pode ser realizado de maneira completamente virtual.

No presente momento, é estabelecido um limite máximo de 15 empréstimos consignados simultâneos para os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), sendo permitidos 13 empréstimos consignados convencionais e 2 empréstimos através de cartão consignado.

Qual a margem de emprestimo para aposentado?

Qual é o limite disponível para empréstimos destinados a aposentados? Além disso, a margem de consignação total é de 45%, sendo que 35% são direcionados para empréstimos consignados, 5% para cartões de crédito consignados e 5% para cartões de benefícios consignados.

Ao optar por um empréstimo consignado, o aposentado ou pensionista tem o valor das parcelas deduzido diretamente de sua renda, ou seja, o pagamento mensal já é realizado com o desconto correspondente à parcela até a quitação do contrato.

Concluindo:

Antes de pedir o seu empréstimo consignado é necessário avaliar uma série de fatores, como por exemplo se você realmente precisa do crédito solicitado, se o valor será destinado a algo urgente, estritamente necessário, ou um bom investimento. Também é fundamental realizar um bom planejamento financeiro, para que você não se perca em suas próprias finanças, sabendo exatamente o que pode gastar e o que deve ser destinado ao pagamento das parcelas posteriores ao recebimento do empréstimo. Por fim, é preciso que você faça uma pesquisa completa em todas as instituições financeiras que oferecem essa modalidade de crédito, para ter certeza de que, no final, foi escolhida a opção mais vantajosa e econômica o possível para o seu perfil.