Publicidade

Se você está no mercado econômico ou então está em busca de financiamentos e serviços bancários, com certeza já se deparou com o termo fintech. Mas a pergunta que talvez tenha feito é: o que é uma fintech e como ela funciona? Essa dúvida é bem comum para todos que separam com esse termo.

Para ajudar, desenvolvemos esse artigo que vai trazer para você as respostas que precisa sobre as fintechs, seus funcionamentos e para que servem. Esperamos tirar suas dúvidas para que você fique por dentro deste termo relativamente novo e que vem revolucionando o mercado. 

Acompanhe o artigo até o final para tirar todas as suas dúvidas e descobrir mais sobre as fintechs.

O que são as fintechs?

O termo Fintech surgiu da junção das palavras financial (financeiro) e technology (tecnologia). Esse termo foi criado para nomear uma startup que trabalha para inovar e otimizar serviços do setor financeiro. Com isso, ela cancela alguns serviços burocráticos e caros do banco e resolve tudo em uma empresa de maneira mais prática, rápida, barata e descomplicada.

Publicidade

Uma das vantagens principais é que essas empresas possuem custos operacionais mais baixos que de bancos tradicionais, o que é possível porque conseguem utilizar tecnologias que elevam a eficiência dos processos.

O objetivo principal das fintechs é a inovação e otimização dos processos financeiros usando a tecnologia de maneira a implantar novos produtos – como por exemplo as criptomoedas, e processos ou aprimorar aqueles já existentes – como por exemplo o Nubank.

Características das Fintechs

Conheça as principais características de uma fintech:

  • O foco principal é na tecnologia;
  • Todas são empresas menos burocráticas;
  • Em geral, possuem menos produtos, mas com mais especificidade;
  • As fintechs propõem soluções inéditas ao consumidor, que possam trazer reais facilidades.

As fintechs estão crescendo cada vez mais e, em 2017, já movimentavam mais de R$ 450 milhões em investimentos. Esse valor aumentou no ano seguinte em uma proporção tão grande que bateram mais de 1 bilhão no primeiro semestre. Ou seja, cada vez mais trazem mais soluções e mais facilidades para os clientes.

Como funcionam as fintechs?

De uma maneira geral, uma fintech é uma startup predominantemente virtual. Seu foco principal e centro de negócio é o cliente, trabalhando em torno disso.

As fintechs cada vez mais estão associadas a grandes bancos, trazendo maiores facilidades para o cliente e fazendo com que os investimentos aconteçam de maneira mais simples. Isso atrai muito mais do que as grandes burocracias dos bancos tradicionais. 

Além disso, se analisarmos, com o grande crescimento e popularização de smartphones e acesso à internet, todos procuram soluções mais práticas que se integrem melhor ao novo estilo de vida. Por isso, fazer investimentos e resolver situações bancárias online se tornou cada vez mais uma necessidade do mercado. 

OU seja, cada vez mais as fintechs estão trazendo soluções digitais para o cliente 

Segurança

O investimento em segurança nas fintechs acontece com investimentos de grandes empresas e organizações sérias, fazendo com que passem por grande análise antes de receberem esse investimento. Com ele, a empresa precisa adequar seu sistema de segurança para evitar de problemas para o cliente.

A atenção deve ficar, também, por conta do cliente que, ao contatar e contratar uma fintech, analise todos os fatores em torno dela, como segurança, confiabilidade e seriedade. Com isso, você terá a certeza de que vai fazer o investimento em um lugar sério sem que seu dinheiro corra riscos. 

Toda fintech de crédito, por exemplo, atuam como correspondentes bancários e precisam seguir a Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011, do Banco Central.

Serviços oferecidos por fintechs

Os principais serviços oferecidos pelas fintechs são:

  • Conta bancária digital;
  • Empréstimos;
  • Cartão de crédito;
  • Microsseguros;
  • Soluções em pagamentos;
  • Soluções em recebimentos para empresas;
  • Negociação de dívidas;
  • Gestão financeira e de benefícios.

Esses são os principais serviços que você encontra em empresas, sempre trazendo soluções práticas para o cliente.

Exemplos de fintechs

Existem diversas fintechs no Brasil. As principais são do setor financeiro, dividas em valores aproximados:

  • 32% para pagamentos;
  • 18% para gestão financeira;
  • 13% para empréstimos.

No geral, as empresas que mais crescem são aquelas responsáveis pelos cartões de crédito e de pagamentos financeiros. Essas movimentam grandes valores anuais, mostrando o quanto as suas facilidades são atraentes para o consumidor. 

Cada vez mais as pessoas recorrem a fintechs, principalmente com o objetivo de evitar burocracia e encontrar facilidades com custos menores. Empresas que oferecem cartões de crédito sem anuidades são excelentes exemplos de fintechs que crescem cada vez mais no país. 

E você, também utiliza serviços de fintechs? Com certeza você conseguirá grandes facilidades financeiras para você e o controle financeiro com as empresas de tecnologias e suas facilidades.