Advertisements
Advertisements

Conheça a história da Caixa Econômica Federal! Com foco no desenvolvimento social desde o início, o maior banco público da América Latina chega aos 160 anos.  Saiba mais sobre a história da Caixa Econômica Federal.

Não é novidade que a Caixa Econômica Federal é um dos principais bancos do Brasil e uma empresa pública responsável por programas sociais muito importantes do governo, mas você já conhece a história desta instituição?

Publicidade

Neste artigo, te contaremos como surgiu a Caixa Econômica, quem foi o responsável pela sua fundação e alguns destaques da sua trajetória até alcançar o status de maior agente de políticas públicas do governo federal. Acompanhe a seguir.

Publicidade

Conheça a história da Caixa Econômica Federal:

Como surgiu a Caixa?

A história da Caixa Econômica começou há muitos anos, mais especificamente em 12 de janeiro de 1861, no Rio de Janeiro, quando Dom Pedro II assinou um decreto que fundava a Caixa da Corte. No entanto, ela só começou a funcionar oficialmente em novembro de 1861. Na época, o objetivo era incentivar as pessoas a usarem mais a poupança.

Junto com o banco surgiu também o penhor, para concorrer com outras empresas privadas que cobravam juros abusivos de seus devedores.

Publicidade

Logo no início, o banco também pagava juros de 6% a.a., e garantia a restituição destes depósitos, o que tornou a Caixa Econômica Federal uma instituição muito confiável.

Publicidade

Foi desde aí, na época do Império, que a Caixa começou a ser utilizada pelos grupos mais populares da sociedade. Prova disso é o fato de que muitos escravos passaram a procurá-la para guardar dinheiro e assim comprarem suas cartas de alforria.

E como uma instituição que hoje tem 160 anos, a história da Caixa Econômica Federal também se cruza com fatos marcantes da sociedade. Por exemplo, ela está entre as primeiras instituições que contrataram mulheres. Em 1921 duas mulheres passaram a trabalhar no banco como escriturárias.

Outro fato marcante na trajetória da instituição envolve uma das tradições mais populares do Brasil: as loterias. Elas passaram a ficar sob a responsabilidade da instituição no início dos anos 1960.

E se hoje um dos serviços mais populares da Caixa Econômica Federal é o financiamento de imóveis, esse status é graças ao trabalho que começou lá em 1986, quando ela incorporou o Banco Nacional de Habitação (BNH). Tantos anos de experiência justificam que a instituição seja a maior referência no assunto no país, tanto em imóveis prontos quanto para construção.

Como está a Caixa Econômica Federal Hoje

Atualmente, a Caixa Econômica Federal é presidida pelo economista Pedro Duarte Guimarães e tem mais de 87 milhões de clientes.

É administradora do FGTS e agente pagadora do PIS, do Seguro-desemprego e do INSS. Além disso, os programas sociais como Bolsa Família, o Financiamento Estudantil (FIES) e Minha Casa Minha Vida também são suas responsabilidades.

Mesmo tendo este grande foco no desenvolvimento social desde o início de sua história, a empresa não deixou de ser competitiva e rentável. Só no primeiro trimestre de 2021 a Caixa Econômica Federal registrou um lucro líquido de R$ 4,6 bilhões, ou seja, resultado 50,3% maior que o mesmo período em 2020.